Oracle disputa compra do TikTok nos EUA com a Microsoft

As duas gigantes americanas mantêm negociações contínuas com a chinesa ByteDance
As duas gigantes americanas mantêm negociações contínuas com a chinesa ByteDance
PorMarcos Henderson18/08/2020 10h15

A corrida pela compra do TikTok nos Estados Unidos acaba de ganhar mais uma concorrente. Agora, a Oracle Corporation entra em disputa com a Microsoft para adquirir a plataforma de mídia social pertencente à ByteDance, da China, em meio à rigidez do presidente Donald Trump em relação ao aplicativo, acusado de praticar ações de espionagem em território norte-americano. 

Com decreto executivo validado no último dia 15 de agosto, Trump obrigou a ByteDance a vender a plataforma em até 90 dias e potencializou a rivalidade EUA x China no cenário internacional, mesmo com o americano Kevin Mayer, ex-executivo da Disney, assumindo o cargo de CEO do TikTok

Trump convenceu o CEO da Microsoft, Satya Nadella, a tentar concretizar a compra da plataforma
Trump convenceu o CEO da Microsoft, Satya Nadella, a tentar concretizar a compra da plataforma
Trump convenceu o CEO da Microsoft, Satya Nadella, a tentar concretizar a compra da plataforma

O maior medo de Trump é de que a plataforma da ByteDance possa ser usada pelo governo chinês para extrair dados de usuários, mas a empresa insiste que seus dados são armazenados fora do país, de forma segura e sem riscos ao consumidor. A plataforma também está proibida na Índia desde junho, quando as tensões do país com a China se intensificaram, sobretudo na região fronteiriça no vale do rio Galwan, no Himalaia.

Leia também: Instagram lança a função 'Reels', cópia do TikTok

Além da Microsoft e da Oracle, o Twitter também já manifestou interesse na compra do TikTok e confirmou que deu início a conversas sobre um possível acordo, enquanto a empresa fundada por Bill Gates explora a compra das operações da plataforma no Reino Unido, EUA, Canadá, Austrália e Nova Zelândia. 

Em meio às polêmicas, o TikTok lançou recentemente o site tiktokus.info, organizando declarações da empresa, perguntas frequentes e opiniões de especialistas para defender a plataforma contra as acusações de Trump. 

+TikTok

Comentários

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson