Reunião para decidir envio do caso Flordelis ao Conselho de Ética é adiada para quarta, 28

O processo poderá resultar na cassação do mandato da parlamentar
O processo poderá resultar na cassação do mandato da parlamentar
PorMarcos Henderson27/10/2020 16h39

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados cancelou a reunião que aconteceria nesta terça-feira (27) para decidir se envia o caso da deputada Flordelis (PSD-RJ) ao Conselho de Ética. O encontro estava programado para iniciar a partir das 10h de hoje, mas foi adiado para a próxima quarta-feira (28), a partir das 9h. 

Flordelis é acusada de mandar assassinar o próprio marido, pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, mas até agora, sua defesa nos tribunais negou todas as acusações. Graças à imunidade parlamentar, ela segue em liberdade com o uso de tornozeleira eletrônica. O processo que decidirá pelo envio do caso ao Conselho de Ética poderá levar à cassação do mandato da parlamentar. 

Flordelis é acusada de mandar assassinar o próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, em 2019
Flordelis é acusada de mandar assassinar o próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, em 2019
Flordelis é acusada de mandar assassinar o próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, em 2019

Rodrigo Maia e mais seis integrantes titulares formam, junto com quatro suplentes, a Mesa Diretora da Câmara, que deverá realizar a discussão na residência oficial do presidente, em Brasília. A análise seguirá o parecer do corregedor da Câmara, Paulo Bengtson, responsável pela recomendação do encaminhamento do processo ao colegiado, argumentando sobre a presença de "indícios suficientes de irregularidades ou de infrações às normas de decoro e ética parlamentar". 

Leia mais: Diretor de filme sobre vida de Flordelis se diz arrependido da produção

A aprovação do parecer dependerá apenas de um resultado positivo, e não de uma maioria absoluta, como acontece em outros casos. Mesmo assim, a expectativa nos bastidores é de que a votação seja unânime, ou pelo menos próximo disso, mas Flordelis ainda será beneficiada com a iminente demora no prosseguimento do processo, já que o Conselho de Ética está com as atividades paralisadas desde março devido à pandemia de Covid-19. 

O motivo do adiamento da reunião originalmente marcada para hoje não foi informado pela assessoria do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

4
Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Política

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson