Após Mandetta, Bolsonaristas sugerem desligar a TV para combater "histeria do coronavírus"

Internautas apoiaram fala do ministro da saúde que sugeria a fuga dos noticiários
Internautas apoiaram fala do ministro da saúde que sugeria a fuga dos noticiários
PorMarcos Henderson30/03/2020 15h16

Apesar da tensão entre o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta e o presidente Jair Bolsonaro, ambos entram em concordância ao disparar comentários negativos direcionados à imprensa, a exemplo da coletiva realizada no final de semana, em Brasília, em que o ministro sugeriu que as pessoas desligassem a televisão para se distanciarem de notícias distorcidas sobre o coronavírus. "Às vezes ela é tóxica demais. Há quantidade de informações e, às vezes, os meios de comunicação são sórdidos porque eles só vendem se a matéria for ruim. Nunca vai ter que as pessoas estão sorrindo na rua. Senão, ninguém compra o jornal", disse ele, abrindo pretexto suficiente para que os apoiadores de Bolsonaro manifestassem opiniões semelhantes nas redes sociais.

No Twitter, por exemplo, a hashtag "DesliguemAGlobo" aparece entre os assuntos do momento, sugerindo que, ao desligar a televisão ou pelo menos boicotar a emissora carioca, a "histeria do coronavírus" diminuiria consideravelmente e, ainda de acordo com as publicações, os jornais televisivos estariam utilizando o contexto da pandemia para atacar o governo federal. 

A apresentadora do Roda Viva, Vera Magalhães, utilizou sua conta no Twitter para defender a emissora, criticando a postura dos bolsonaristas diante da crise. "Edição histórica do #Fantastico: informações atualizadas e detalhadas do mundo todo. Itália, Índia, Espanha, Estados Unidos, Reino Unido. E vários aspectos da pandemia no Brasil: clínicos, científicos, sociais, econômicos, pessoais. Aí sobem a hash #DesliguemAGlobo. Tosquice", disparou a jornalista.

Na plataforma, também é possível encontrar várias publicações destacando a fala de Mandetta sobre a imprensa como argumento primordial para que as pessoas reconheçam a medida de desligar a televisão como uma instrução "recomendada pelo Ministério da Saúde". 

+Coronavírus

Comentários

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson