DJ Ivis perde contratos mas ganha seguidores após vídeo espancando mulher

Mesmo com evidências claras e confissão de agressão, o artista continua solto e culpou a ex pelo confronto físico
Mesmo com evidências claras e confissão de agressão, o artista continua solto e culpou a ex pelo confronto físico
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Desconhecido do grande público, DJ Ivis acumulou centenas de milhares de novos seguidores após aparecer em um vídeo espancando a ex-mulher Pamella Holanda. O artista perdeu o contrato com a Vybbe, escritório de Xand Avião que administra as carreiras de Xand, Zé Vaqueiro, Nattan e Priscila Senna, mas, inexplicavelmente, está ganhando fãs no Instagram, pulando de 700 mil seguidores para 964 mil até o fechamento desta matéria. 

Mesmo após aparecer claramente como autor de duras agressões contra Holanda, Ivis veio a público afirmar que estava sendo ameaçado pela ex e, por isso, a agrediu em um momento de explosão. Confira as fortes imagens divulgadas pela vítima:

Irrelevante como músico, Ivis ganhou notoriedade ao produzir Xand Avião na época do Aviões do Forró, mas o DJ se lançou oficialmente como artista recentemente, alcançando o sucesso com as músicas "Volta Bebê, Volta Neném" e "Esquema Preferido", ampliando a força do polêmico forró de teclado. Ele também foi responsável por produzir o primeiro álbum de Zé Vaqueiro. 

Os vídeos que circulam a web foram registrados pelo circuito de segurança interna da casa em que Pamella foi agredida pelo ex na frente da filha e de outras duas pessoas. As imagens foram compartilhadas pela vítima no último domingo (11) nas redes sociais e chocaram os brasileiros, incluindo famosos como Juliette, Gizelly Bicalho, Marília Mendonça, Wesley Safadão, entre outros. 

Pamella Holanda está adotando uma postura contida para falar sobre o caso, já que inúmeros portais de notícia estão a procurando para esclarecimentos. Ela publicou o vídeo e não comentou mais sobre o assunto, apesar de já ter sido descoberto que ela abriu um Boletim de Ocorrência contra Ivis há cerca de um mês. 

O B.O. de lesão corporal no âmbito de violência doméstica foi aberto em 3 de junho, no Eusébio, município da Região Metropolitana de Fortaleza, de acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSPDS). 

"Sempre tentei fazer de tudo para que isso não chegasse ao extremo. E, como eu disse, tenho como provar tudo, nada vai justificar a reação que eu tive, mas não aguentava mais ameaças. Eu não vou ter raiva do que as pessoas estão falando de mim, porque eu não posso. As pessoas estão reagindo ao que estão vendo, mas estão comentando as coisas que não sabem", afirmou o DJ Ivis em justificativa publicada nas redes sociais. 

Comentários

O que você achou?