Auxílio Emergencial: Entenda por que seu pedido ainda está em análise

Demora na aprovação do pedido tem gerado reclamações.
Demora na aprovação do pedido tem gerado reclamações.
PorMarcos Henderson

O pagamento do Auxílio Emergencial já foi iniciado e contemplou milhões de pessoas até então, mas uma grande quantidade dos possíveis beneficiários reclama da estagnação do status "pedido em análise". Quem já tinha o Cadastro Único até o dia 20 de março, quem é cadastrado no Bolsa Família e aqueles que possuem poupança na Caixa ou são correntistas do Banco do Brasil estão à frente na fila de contemplados, pois geram dados automáticos referentes aos requisitos obrigatórios, que incluem limite específico para a renda familiar mensal. 

Além disso, também é preciso confirmar se a pessoa cadastrada não recebe seguro-desemprego ou trabalha de carteira assinada, outros dois pontos que a impedem de receber o auxílio de R$ 600, que pode chegar a R$ 1.200 para mulheres chefes de família com filho de até 18 anos. Apesar da demora, tudo indica que os status serão atualizados em breve, já que nesta terça-feira (14) se inicia uma nova rodada de pagamentos, que se estende até sexta-feira (17) com previsão de 9.4 milhões de beneficiários contemplados na semana. 

Um dos problemas recorrentes de quem não consegue se cadastrar no site ou no aplicativo do Auxílio Emergencial está atrelado à regularização do CPF, que pode ser realizado pela internet, através do Formulário de Inscrição no site da Receita Federal e do Chat da Receita Federal

Auxílio Emergencial: Passo a passo para realizar o cadastro.

Links oficiais do Auxílio Emergencial:

Auxílio Emergencial - Site

Auxílio Emergencial - App para Android 

Auxílio Emergencial - App para iOS

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff