Diário 24 Horas

Família real britânica: Príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, morre aos 99 anos

Como marido da rainha Elizabeth II, o príncipe Philip foi o consorte de um soberano britânico que mais tempo serviu.
Como marido da rainha Elizabeth II, o príncipe Philip foi o consorte de um soberano britânico que mais tempo serviu.
PorMarcos Henderson

O Palácio de Buckingham anunciou na manhã desta sexta-feira (9) que o príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, morreu aos 99 anos. A morte ainda não teve causa revelada, mas segue uma internação como "medida preventiva" submetida ao Duque de Edimburgo. 

Nascido na Grécia, o príncipe Philip completaria 100 anos de idade em junho e, como marido da rainha Elizabeth II, foi o consorte de um soberano britânico que mais tempo serviu. “Sua Alteza Real faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor”, confirmou a família real. “Novos anúncios serão feitos oportunamente. A Família Real junta-se a pessoas de todo o mundo no luto pela sua perda.”

Sob um plano de longa data conhecido como “Operação Forth Bridge”, sua morte inaugura um período de luto nacional. Philip, a quem a rainha se referiu como "minha força e permanência", foi hospitalizado em fevereiro depois de "se sentir mal" e foi tratado para uma infecção e uma doença cardíaca preexistente, segundo o Palácio de Buckingham. Ele teve alta um mês depois de passar por um procedimento cardíaco.

O primeiro-ministro Boris Johnson disse em um comunicado que recebeu a notícia da morte com grande tristeza, refletindo sobre a "vida e trabalho extraordinários" do duque e oferecendo suas condolências à rainha.

"Ele ajudou a orientar a família real e a monarquia para que permanecesse uma instituição indiscutivelmente vital para o equilíbrio e a felicidade de nossa vida nacional”, disse Johnson. "Oferecemos nossas condolências à rainha e a toda sua família, e agradecemos, como nação e Reino, pela vida e obra extraordinárias do Príncipe Philip, Duque de Edimburgo.”

O duque, que popularizou o apelido de "The Firm" para os negócios da família Windsor, encerrou suas funções oficiais no outono de 2017. Meses antes, em junho, ele foi hospitalizado por uma infecção e perdeu o discurso da Rainha na abertura do Parlamento recém-eleito da época. 

Dois dias depois de perder os cultos da Páscoa de 2018 na Capela de St. George, ele foi internado no King Edward VII Hospital para uma cirurgia de substituição do quadril previamente agendada, disse o palácio. Essa hospitalização de 10 dias ocorreu semanas antes do nascimento do terceiro filho do príncipe William e Kate, o príncipe Louis Arthur, e do casamento do príncipe Harry com Meghan Markle em 19 de maio de 2018, em St. George.

Comentários

O que você achou?
1GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff
Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson