Carl Nassib, dos Raiders, se torna o primeiro jogador ativo da NFL a se declarar gay

O atleta confessou que sofreu com o silêncio nos últimos 15 anos e agradeceu à NFL e companheiros de equipe pelo apoio
O atleta confessou que sofreu com o silêncio nos últimos 15 anos e agradeceu à NFL e companheiros de equipe pelo apoio
PorMarcos Henderson

Carl Nassib se tornou o primeiro jogador ativo da NFL a se declarar gay, emocionando fãs, amigos e familiares após um anúncio em vídeo publicado em sua conta no Instagram na última segunda-feira (21). 

“Eu só queria ter um momento rápido para dizer que sou gay. Faz um tempo que quero fazer isso, mas finalmente me sinto confortável o suficiente para tirar isso do meu peito. Eu realmente tenho a melhor vida, eu tenho a melhor família, amigos e trabalho que um cara pode pedir”, declarou o atleta. 

“Sou uma pessoa bastante reservada, então espero que vocês saibam que não estou fazendo isso para chamar a atenção. Só acho que representação e visibilidade são muito importantes", continuou.

"Na verdade, espero que, tipo um dia, vídeos como este e todo o processo de revelação não sejam necessários, mas até lá vou fazer o meu melhor e fazer a minha parte para cultivar uma cultura que aceita que é compassiva”, completou Nassib, que também aproveitou a ocasião para anunciar uma doação de US$ 100 mil para o Projeto Trevor, que trabalha para prevenir suicídios entre jovens LGBTQIA+.

O comissário da NFL, Roger Goodell, aplaudiu a bravura de Nassib em um comunicado posterior, afirmando que "a família da NFL está orgulhosa de Carl por corajosamente compartilhar sua verdade hoje. A representação é importante”. Em seguida, os Raiders também comentaram no Twitter: "Estamos orgulhosos de você, Carl."

Em uma declaração escrita adicional postada ao lado de seu vídeo, Nassib disse que, infelizmente, tem sofrido nos últimos 15 anos. "Só até recentemente, graças à minha família e amigos... parecia possível para mim dizer publicamente e com orgulho que sou gay”. “Também sou extremamente grato pela NFL, meus treinadores e outros jogadores pelo apoio. Eu não teria sido capaz de fazer isso sem eles. Sinto-me especialmente grato por ter tido tanto apoio quando muitos que vieram antes - e muitos até agora - não têm.”

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
1AmeiAmei
0AffAff