Ítalo Ferreira vence no surfe e conquista o primeiro ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

O potiguar superou uma prancha quebrada logo no início da bateria e fez ótimas manobras em seguida, derrotando com folga o japonês Kanoa Igarashi
O potiguar superou uma prancha quebrada logo no início da bateria e fez ótimas manobras em seguida, derrotando com folga o japonês Kanoa Igarashi
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Ítalo Ferreira conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, dando um show na final do surfe contra o japonês Kanoa Igarashi, que eliminou Gabriel Medina em uma semifinal polêmica. Com um placar final de 15,14 a 6,60, Ítalo demonstrou tranquilidade para marcar notas altas com suas manobras, mesmo após quebrar uma prancha logo no início da bateria. 

O instrumento de trabalho despedaçado mostrava exatamente como Ítalo pretendia enfrentar Igarashi, colocando pressão nos movimentos contra as ondas e apresentando o melhor de si para os juízes e aproveitando a grande e inesperada quantidade de ondas de alta magnitude para a realização da competição.

O potiguar de Baía Formosa, que se tornou campeão mundial de surfe em 2019, se tornou o primeiro medalhista de ouro do surfe na história das Olimpíadas, que incluiu a categoria recentemente em um movimento empolgante para aproximação de novos públicos. Por pouco, não tivemos uma dobradinha brasileira no pódio, já que Gabriel Medina foi derrotado em resultado apertado contra o australiano Owen Wright na disputa pelo bronze. 

Emocionado com a vitória histórica, Ítalo afirmou que estava confiante, deixando claro que se dedicou inteiramente para esse momento nos últimos meses, intensificando os treinos e levando a fé ao seu lado. "Eu queria que a minha avó estivesse viva para ver isso. Sou muito feliz pelo que me tornei, pelo que fiz pelos meus pais.

Sempre pedi para que esse sonho fosse realizado e ele aconteceu", afirmou o atleta, que acertou várias manobras acima dos 7 pontos, enquanto o adversário japonês acumulou erros, mesmo impulsionado pela torcida japonesa presente no local. 

Nem mesmo a vontade de Igarashi vencer em casa seria capaz de superar a força de Ítalo nas ondas. Veloz e sem medo de cair, o brasileiro deu um verdadeiro show na final e levou, com folga, a medalha de ouro para casa. 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff