Diário 24 Horas

Brasil x Equador | Resultado do jogo reflete péssimas atuações

Do árbitro aos jogadores, as atuações de Brasil e Equador refletiram no placar final do jogo disputado no Estádio Rodrigo Paz Delgado
Do árbitro aos jogadores, as atuações de Brasil e Equador refletiram no placar final do jogo disputado no Estádio Rodrigo Paz Delgado
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Brasil e Equador se enfrentaram nesta quinta-feira (27) pela 15ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, mas ao invés do que o público esperava, o resultado final da partida refletiu as péssimas atuações em campo, sobretudo da seleção brasileira, que abriu espaços desnecessários ao Equador e viu os adversários lutando até o último segundo para buscar um resultado favorável. 

No geral, as atuações foram questionáveis até na arbitragem, sobretudo do árbitro Wilmar Roldan, da Colômbia, que colecionou erros graves durante o jogo e só foi salvo graças ao VAR, que evitou a expulsão do goleiro Alisson e anulou não um, mas dois pênaltis favoráveis para a seleção do Equador no segundo tempo, que realmente não existiram. 

O grande duelo entre as seleções sul-americanas aconteceu no Estádio Rodrigo Paz Delgado, conhecido popularmente como Casa Blanca, e o Brasil entrou em campo sem a preocupação de resultados, pois já está classificado para a Copa. Pensando nisso, Tite experimentou algumas mudanças e levou a seleção brasileira para um formato que não agradou os torcedores. 

Do outro lado, o Equador precisava de um resultado positivo para encaminhar sua vaga à Copa do Mundo. Empurrada pela torcida, a seleção da casa tentou até o fim e conseguiu arrancar um empate com Félix Torres aos 75 minutos, aproveitando os consecutivos apagões da zaga e das laterais, sobretudo no lado direito do Brasil, com um Daniel Alves pouco inspirado e propício a erros fatais. 

No final do jogo, Tite optou pela entrada de Gabriel Barbosa, que aparentou nervosismo assim que pisou em campo, perdendo bolas e construindo poucas jogadas enquanto os torcedores equatorianos gritavam euforicamente para empurrar os jogadores à virada no placar que jamais aconteceu. 

No final, Brasil e Equador ficaram com um amargo 1 a 1 no placar, refletindo as atuações ruins tanto de jogadores quanto da arbitragem. 

ComentáriosO que você achou?
Futebol
Últimas