Resumo Velho Chico: Sem Montagner, Camila Pitanga beijará câmera em cena de casamento

A Rede Globo utilizará recursos de edição para suprir a ausência do ator, falecido no dia 15 de setembro ao se afogar nas águas do rio que dá nome a novela

Resumo Velho Chico: Sem Montagner, Camila Pitanga beijará câmera em cena de casamento
PorDiário 24 Horas25/09/2016 21h00

A morte do ator Domingos Montagner, intérprete de Santo na novela “Velho Chico”, pegou todos de surpresa. A fatalidade chocou o Brasil inteiro e despertou uma grande dúvida: Como finalizar a novela sem o protagonista?  Passado o alvoroço inicial e o luto, a emissora tratou de tentar resolver essa questão e não tardou em achar uma solução. De um jeito ou de outro, o artista estará presente até a última cena do folhetim, tudo isso graças a várias edições e o auxílio de uma câmera, que fará às vezes do mesmo em alguns momentos cruciais, como por exemplo, na sequencia do casamento do produtor rural com Tereza (Camila Pitanga).

Após lutarem quase toda a história para ficarem juntos, Santo e Terê finalmente terão um final feliz. Nada mais junto, certo? O sofrimento enfrentado pelo casal não será em vão e eles vão se casar no último capítulo da trama, que encerra na sexta-feira, 30 de setembro, com direito a beijo e tudo mais. Segundo o colunista Daniel Castro, do Notícias da TV, a Globo utilizará uma câmera subjetiva como recurso para a continuidade das cenas do casório.

O objeto ficará na posição onde o antigo líder da cooperativa deveria ficar e irá interagir com os outros personagens. Durante a cerimônia, a filha de Afrânio (Antônio Fagundes) irá até mesmo trocar beijos com a máquina, tudo para dar ao telespectador a impressão de que o protagonista realmente está presente. Não para por ai! Santo também irá dizer algumas palavras carinhosas para sua amada: “Sonhei tanto com esse dia que custo a acredita que tenha chegado”. Tudo fruto de edições e imagens antigas dos pombinhos. Fogos de artifícios, clipe com imagens do casal, além de um belo discurso poético completarão o momento.

Bruno Luperi fala sobre edições no final de “Velho Chico”

Em entrevista recente, Bruno Luperi, autor de “Velho Chico” deu depoimento sobre as adaptações feitas pela emissora carioca para o final do folhetim, após a trágica morte de Domingos  Montagner. “Essa nova linguagem com uma câmera em seu lugar deixou as cenas com muita luz. São momentos de muita emoção para a equipe toda e as imagens estão ficando com um tom muito bonito”, afirmou o escritor ao site oficial da novela.

“Conseguimos canalizar e encontrar uma maneira de nos despedir de Santo, mesmo que não tenhamos tido a chance de nos despedir do Domingos. Se os atores, os amigos e a equipe não puderam dar um último abraço nele, Bento (Irandhir Santos), Olívia (Giullia Buscacio) e Tereza, por exemplo, vão poder”, explicou Luperi, que continuou: “Fica o nosso mais profundo agradecimento a tudo o que ele se dedicou e ao homem que ele é. E também uma homenagem ao nosso herói, Santo dos Anjos, defendido tão bem pelo ator em um país tão carente de pessoas dignas”.

Tereza e Miguel conversam em cena de Velho Chico
Tereza e Miguel conversam em cena de Velho Chico (Foto: Reprodução)
Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Globo

Sobre o autorDiário 24 Horas
Equipe de redação do Portal Diário 24 Horas. @diario24h